sexta-feira, 30 de outubro de 2015

SDO de Outubro + Contagem Regressiva..♥


Oiii minha gente!!!!!!!!!!!



Eu amo esse cantinho. Um espaço livre e sem cobranças é justamente isso que eu gosto no blog. E então eu me sinto assim, bem à vontade, para ir e vir quando quiser!!! Bem esse é o mês que eu começo a fazer uma contagem regressiva ainda mais cautelosa e detalhada



Afinal, faltam 6 meses? Já??? A Nandynha começa a ficar desesperadaaaa.... Gente, ainda tem muita coisa para fazer detalhes, na verdade... e quero poder mostrar em breve para vocês!


Bom, posso dizer de olhos fechados que o mês de Outubro foi um saco! Eu detestei esse mês e acho que ele já vai embora tarde. Particularidades e desabafos à parte este foi um mês que eu trabalhei tanto e foram muitos problemas de fiscalização no trabalho que não tive quase tempo para nada, foi um mês quase que nulo para o casamento se não fosse pelo fechamento do Dj. Pois só tivemos este item fechado.

Agora no mês de Novembro é para adiantar os trabalhos manuais que tem a fazer.  No início eu estava super empolgada com os preparativo, mas agora estou parecendo uma tartaruga, ás vezes, sabe, bate uma preguicinha, mas não tem jeito, eu escolhi por a mão na massa né? E o desanimo me pegou neste mês, não consegui finalizar nenhum DIY e meu check list ficou parado. Eu adoraria estar de férias, mas como não será possível, preciso dar meu jeito de me virar nos 30! 

O que ficou definido? 

 Nesse meio tempo eu criei um evento no Facebook para convidar todos para o casamento, só falta fazer alguns ajustes;
 Comecei a fazer os corsages das madrinhas, depois prometo postar passo a passo;
 Finalizei o manual dos padrinhos, agora só falta imprimir;
 Após terminar minha aulas e artesanato, já comecei confeccionar as rosas do meu buquê;
 Marquei uma reunião com a Glorinha, mudei tudo na decoração, ela será nossa decoradora
 Finalizei alguns itens da minha ID VISUAL, como: Placa lá em a noiva, placa da cadeira dos noivos;


E vem mais coisas por aí:


 O buquê que eu quero jogar não vai ser o meu, mas vai ser um de tecidos que irei  fazer  só para eu jogar;
 Quero enrolar os bem-casados em tecidos;
 As lembrancinhas serão os potinhos de geleia caseira e essas tampinhas também vão levar os tecidos;
As garrafas para arranjos das mesas do convidados, minha sogra começou pintar;
 As caixinhas de MDF minha sogra esta pintando o fundo e a tampa irei forrar com tecidos, e colocarei as trufas;
 Falta encontrar o meu topo do bolo ( quero de porcelana) o que vi estava muito salgado;
 Estou a procura do meu porta aliança, também estou querendo de porcelana;
 Falta definir nossa lua de mel, estamos na procura ainda;


Muita coisa eu quero adiantar  nesses três dias que terei de folga, preciso  finalizar as caixinhas dos padrinhos e até o final do mês quero que todos estejam convidados.

Gente o Check list parece vivo né? A gente elimina um item e aparece outros trocentos novos! E a noivinha aqui  inventa de colocar mais itens para fazer... Aff!

E acho que novembro vai se resumir a muitas tarefas. Esse mês tenho a primeira prova do meu vestido (segura)... Preciso conversar com alguns fornecedores. Conversar com o DJ sobre as músicas da cerimônia. Começar a busca pelas maletas de acrílico para as lembrancinhas dos Pajens e da Daminhas. Essa mês vai ser arrepiante. Já comecei pesquisar algumas inspirações para chá, mas falo em outro post.

Em breve continuo contando mais novidades para o post não ficar muito cansativo, ok? Afinal quanto mais perto fica, mais emocionante!!!

Bom final de semana e um ótimo feriado!
Beijos, meninas! Nandynha

domingo, 25 de outubro de 2015

Lua de mel: Porto de Galinhas...♥

Olá Meninas, como estamos? Pedir desculpas novamente não vale né? Mas foram diversos motivos e muita correria nos preparativos que  impediram de postar. Hoje volto com um post que já estava programado desde o mês passado!

Voltando a falar um pouco mais da viagem a dois, a lua de mel, tenho uma outra pesquisa para mostrar a vocês. A sugestão de destino hoje é mais um roteiro brasileiro, e realmente é um lugar que eu quero muito conhecer.

Nas praias: Jangada e bugue são os meios de transporte oficiais! -
Nas praias: Jangada e bugue são os meios de transporte oficiais!
 Foto: Christian Knepper


 Eu peguei algumas dicas na Internet (nesse site) e vou passá-las para vocês!

O nome curioso - Porto de Galinhas -, reza a lenda, veio após a abolição da escravatura, quando negros africanos continuavam sendo escravizados clandestinamente. Desviados de Recife, onde havia fiscalização, os negros desembarcavam em uma praia nos arredores, escondidos em engradados de galinhas-d'angola. Os contrabandistas exclamavam: “Tem galinha nova no porto!”. Esta era a senha utilizada e que deu origem ao nome da vila de pescadores. O que os escravos e os contrabandistas não imaginavam era que, um século depois, o paradisíaco cenário de águas verdes, céu turquesa e areias brancas se transformaria em um dos mais badalados balneários do litoral pernambucano, com praias para todos os gostos. 
Localizada no município de Ipojuca, a 70 quilômetros de Recife, Porto de Galinhas é emoldurada por piscinas naturais com águas mornas e transparentes repletas de peixes coloridos e jangadas deslizando de um lado para o outro na maré baixa. Mas tem também praias com ondas fortes, perfeitas para a prática de surf - não é à toa que a praia de Maracaípe é um dos cenários do Campeonato Mundial de Surf, sediando as etapas do mês de outubro. Os esportes náuticos, aliás, vêm ganhando cada vez mais adeptos na região, transformando a praia de Muro Alto em point dos apaixonados por esqui aquático, wakeboard e jet-ski.


  Como ir?

Para quem vai de avião, o aeroporto mais próximo é o de Recife, a 55 quilômetros. Para quem pretende ir de carro Vindo do Norte ou de Recife: acesso pela BR-101 (sentido Litoral Sul, até Cabo de Santo Agostinho), PE-060 (até Ipojuca), PE-038 (até Nossa Senhora do Ó) e PE-009. Vindo do Sul: acesso pela BR-101 (sentido Litoral Norte, até o município de Escada), PE-060 (até Ipojuca), PE-038 (até Nossa Senhora do Ó) e PE-009. E para quem deseja ir de ônibus. A viação Cruzeiro (0800-81-2662 / 81-2101-9000) faz a linha Recife-Porto de Galinhas. Há ponto para embarque de passageiros na saída do aeroporto de Recife. A vila, com ruas estreitas, é para ser curtida a pé. Para conhecer as praias e as piscinas naturais, faça passeios de bugue e de jangada. Quem ficar hospedado longe do centro deve optar pelo aluguel de bugue para circular pela região


 Quando ir?
 
A alta temporada vai de se setembro a abril. Nos meses de verão, a oferta de passeios é maior, assim como o movimento nas praias, na vila e nas piscinas naturais. Já na baixa temporada, de maio a agosto, as chuvas são intensas, entretanto, as temperaturas continuam bem altas e é possível conseguir bons descontos na hospedagem e na alimentação. 



  Onde ficar?

As opções são diversas, desde pousadas, com preços mais baixos a risorts e hotéis  Bangalô com vista para o Mar que oferece banheiro privativo, TV a cabo, telefone, cofre e frigobar.

Seguem algumas opções de hospedagem, selecionadas:

  Hotel Village de Porto de galinhas
  Paradise Beach Class Resort Muro Alto 
  Oásis do Sol
  Suítes Veneza
 Pousada Chalé Hisbiscus


  O que comer?

Os pratos à base de frutos do mar dominam os cardápios em Porto de Galinhas. Do simples peixe frito na beira da praia a uma sofisticada lagosta na manteiga, há opções para todos os gostos nos restaurantes locais. No concorrido Beijupirá, a combinação de pescados com frutas da região leva às mesas pratos como peixe ao molho de pitanga e camarão com manga grelhada. A cozinha regional também está presente – a galinha de cabidela do restaurante da Natália é considerada uma das mais saborosas do país.


  Atrativos culturais

  • Igreja do Outeiro

A 137 metros acima do nível do mar, exibe um dos mais belos cenários da região, com vista que vai do Cabo de Santo Agostinho ao Cabo de Santo Aleixo.

Igreja do Outeiro

  • Engenho Gaipió

O casarão de 1863 apresenta exposição de mobílias, imagens, louças, cristais e objetos de decoração originais.

Engenho Gaipió


  • Projeto Hippocampus

O espaço, que visa a proteção e preservação do cavalo-marinho, tem sede na vila. Pequeno, dispõe de apenas uma sala onde estão os aquários com os cavalos-marinhos de várias cores e tamanhos, além de moréias, peixes-palhaço, camarões e lagostas. Monitores no local dão informações sobre as espécies. Recomendado para quem viaja com crianças. 

 Projeto Hippocampus

  • Igreja e convento  de Santo Cristo

Um dos mais antigos conventos do Brasil, o Convento de Santo Cristo foi fundado em 1606. Ao lado fica a Igreja de mesmo nome, erguida em 1663 e que guarda a imagem de Santo Cristo de Ipojuca.



Tranquilidade, muita natureza e paz! As fotos do lugar transmitem uma sensação de sossego ímpar...! Vamos conferir?

Passeio de bugue
Passeio de bugue


Maré subindo...
Passeio de jangada





Maré subindo...
Praias maravilhosas

Maré subindo...
Piscinas naturais
Maré subindo...
Beleza marinha


 É isso... Espero que tenham gostado da dica! Bom início de semana, voltarei em breve!


Beijos, Nandynha  

terça-feira, 13 de outubro de 2015

Dj: Yes teremos - Checked...♥


Olá meninas! Como passaram o feriadão. Porque o meu foi muito corrido, fiquei super atarefada e sem tempo nenhum! Então peço desculpas pela demora em postar. Mas vamos ao que interessa. Hoje eu trago mais uma novidade do meu Grande Dia!


Finalmente fechamos o contrato com DJ ! Aêêêêêêê garota, até que enfim!! Esse era um contrato que se arrastava a séculos.


É fato, quase todos os noivos têm entre as prioridades da festa de casamento, que a pista seja super animada. E como eu amo dançar, esse contrato não ficaria de fora da lista do meu mini wedding. Nada mais justo que nós tenhamos um dia inesquecível, né? Então vale a pena investir num bom DJ. É lógico que noivos animados na pista são o mais importante, porque atraí todos os convidados, eleva a energia. Mas um bom DJ sabe o timing certo das músicas, respeita o seu gosto musical, tem os melhores equipamentos de som e iluminação – e isso tudo é super importante!

Este era o único item que eu não tinha nenhuma preocupação em encontrar, pois eu já conhecia um DJ que faz um bom trabalho e já tinha ótimas referências sobre eles. O  Wagner (ou melhor Waguinho como eu já não consigo mais chamá-lo) é um amigo das antigas, da época da adolescência. Eu cresci vendo nele aquele interesse  por música, instantaneamente o Waguinho e eu temos uma amizade que fluiu super bem, ele sempre frequentou a casa dos meus pais, é um amigão do meu irmão. E hoje ele se tornou um profissional! Gostei da estrutura que ele vai montar e teremos nossa pista de dança, com fumaça e o equipamento de som é bom (eu não sou capaz de falar as especificações sem ler no contrato) e gostei muitoooo do preço dele. Enfim consegui marcar uma reunião, apresentei ele ao Anderson e depois fechamos. O preço foi realmente muito bom e dentro do nosso orçamento! Ele nos deu muitas ideias bacanas! Nossas músicas vão ser todas tocadas, nada de instrumental, eu criei uma lista prévia das músicas que escolhemos para decidirmos a melhor hora de tocá-las. Ele tem todo esquipamento de som e iluminação e pista de dança, além da fumaça . Segundo a garantia do Waguinho  DJ, ele vai  mandar super  bem na pista, que bom!!. 

Por isso é importante, primeiramente, buscar referências do profissional que você irá contratar para não se arrepender depois. Vale conversar com gente que já contratou os serviços dessa pessoa, pesquisar em sites, pedir o portfólio, marcar uma reunião, examinar o escritório e quais os tipos de serviços eles oferecem. Só assim será possível contratar gente decente e com trabalho verdadeiramente profissional! 


 Ai que sensação boa ver meu check list ficando completinho. Estou muito feliz com a escolha, com o fechamento e garantia da data do nosso wedding!

Agora deixo a foto da pista de dança e da estrutura do trabalho do meu Dj!


E para quem é do Rio, fica uma boa indicação. Em breve continuo contando mais novidades!


Beijos mil!! 
Nandynha