quinta-feira, 3 de julho de 2014

Como organizar suas contas de uma vez por todas...♥


Olá minhas leitoras preferidas! Obrigada pela visitinha...

Por que é tão difícil economizar dinheiro? Esse assunto é sempre tão discutido e por que o brasileiro continua endividado?  Então vamos colocar as nossa contas em ordem?




Faz tempo que não falo sobre Organização Financeira! Hoje venho venho compartilhar com vocês mais umas dicas,  para ajudar na hora de pagar as dívidas e não ficar no vermelho. Depois comecei a faculdade, aprendi a organizar as finanças para não me enrolar. 


Seguem algumas dicas definitivas para nunca mais ter problemas com dinheiro:

1. Tome a decisão

Algumas pessoas só conseguem parar e organizar suas finanças quando chegam ao fundo do poço, cheias de dívidas, e não podem gastar 1 real a mais sem consultar seu planejamento financeiro. Você já é essa pessoa? Então decida agora tomar uma atitude a respeito. Mas não é para ler este texto e amanhã já deixar para lá. Seus problemas continuarão mesmo que você os ignore.

2. Anote os seus gastos

É uma dica tão manjada. Mas pense que, se ela aparece sempre, é porque dá certo. Pense em registrar tudo que você gasta. Pode anotar na agenda, em um aplicativo no celular, bloquinho que fica na bolsa. O importante é anotar tudo, porque em um mês, esquecemos tudo o que compramos e pagamos. Imagine uma empresa que não registra seus gastos. Ela ficará com prejuízo no final do mês. Ter esse controle é fundamental.

3. Preste atenção nos seus gastos

Priorize. Toda vez que quiser comprar algo, pergunte-se  realmente precisa daquilo. Se for para casa, pergunte-se a compra do objeto compensa o espaço a mais que irá ocupar. Será que essa coisa nova tem espaço para você guardar? Será que não vai ser mais um gadget que ficará em uma caixa com aqueles outros no futuro? Ou um para de sapatos a mais na parte de cima do guarda-roupas? 

4. Tenha consciência do seu dinheiro


Poupança, salário, investimentos, bens. Conheça suas receitas. Quanto você recebe de salário mensalmente, líquido? Você precisa saber de cor isso. Todo o dinheiro que entra precisa ser registrado também. Assim que você receber, faça as contas do que precisa pagar. Se for o suficiente, veja o que sobra e trace um destino para aquele dinheiro. Pode ser a quitação de uma dívida, um depósito na poupança. O que não vale é gastar ainda mais sendo que você tem dívidas a pagar.

5. Verifique onde pode economizar

Será que você precisa jantar fora tês vezes por semana? Ir ao cinema quatro vezes ao mês? Assinar o pacote top da TV a cabo? Sempre podemos economizar. O bom de registrar os gastos é justamente verificar friamente para onde o dinheiro está indo injustamente. Procure alternativas mais baratas para tudo na vida. Se você paga r$ 300,00 com TV a cabo,pense que não compensa pagar tudo isso. Poderia substituir por aluguel de filmes por semana.

6. Imagine-se sem dinheiro nenhum

É uma atitude radical,mas imaginar-se sem dinheiro totalmente pode ajudar. Você já ficou desempregado (a)? Se sim,sabe o que é não ter dinheiro entrando em caixa e ter que se virar com as economias que guardou. E se guardou? Já deve ter aprendido a priorizar o que compra e o dinheiro que gasta. Imagine-se nessa situação novamente. Não compre nem gaste com nada que não seja necessário. Exemplo radical: Em vez de gastar R$ 18,00 com almoço no trabalho, você poderia levar almoço de casa.

7. Priorize as contas

Pague todas contas assim que chegarem. Nada de deixar mais para o final do mês, quando corre o risco de esquecer,ficar sem dinheiro, perder o prazo etc. Pagar antecipadamente é básico e te poupa preocupação. Além disso, você prioriza o uso do seu dinheiro, se precisar gastar, pelo menos suas contas já estão pagas.


8. Pague suas dívidas o mais rápido possível


Cada um sabe onde o calo aperta. Tem gente com dívida de 100, 1000 e 10 mil reais. Cada caso é um caso e diversos aspectos devem ser analisados: condições, prazos, juros. De modo geral, priorize as contas com juros maiores, para pagar menos. Enquanto não quitar suas dívidas, não gaste com supérfluos. Você pode pensar que 10 ou 50 reais não farão falta, mas fazem sim. Pare com esse pensamento e economize o que puder para quitar suas dívidas logo!
9. Guarde dinheiro

Independente do quanto você ganha, guarde dinheiro na poupança. Poupança é o investimento mais seguro, então use, use e use. Nunca sabemos quando teremos qualquer imprevisto, então precisamos ter um dinheirinho guardado. Apesar de os especialistas recomendarem que a gente guarde de 10% a 15% do nosso salário, guardar alguma coisa já é melhor do que nada. O importante é ir sempre somando valores. Essa poupança pode inclusive ser mais vantajosa que o pagamento de uma dívida a prazo – pagar à vista, um pouco depois, pode valer a pena. Os especialistas também dizem que o ideal para ter na poupança é uma quantia equivalente a quatro ou seis vezes os gastos médios. Acredito que seja em decorrência de uma possível demissão, onde temos o seguro-desemprego de seis meses.

10. Leva tempo
Organizar as contas é um projeto para a vida toda. Você muito provavelmente passará os primeiros 12 meses apenas pagando dívidas, anotando gastos e se organizando, começando a poupar depois desse período. É difícil, mas necessário. Durante mais 36 meses, você deve se preocupar em juntar uma quantia ok na poupança, pelo menos para ter uma segurança no dia-a-dia. E, depois desse tempo, você começa de verdade a acumular dinheiro. Tudo o que entrar, literalmente, é lucro. Você pode até pensar em investimentos mais arriscados – depende de você. O importante é saber que não é uma solução imediata.

Cuidar do dinheiro é fundamental porque nunca sabemos o dia de amanhã. Você pode estar em uma boa situação hoje, gastando à toa, comprando roupas, computadores, bebidas. Amanhã, você não sabe. Procure organizar suas contas para ter uma vida confortável, ou ao menos tranquila, para sempre.  


Irei demonstrar para vocês como registro as minhas despesas:

1. Casa: R$ 360,00 aluguel e luz.

2. Faculdade: R$ 590,00 pra custear meus estudos (minha paixão!)

3. Alimentação: O gasto ficar em torno de R$ 150,00 pois tomo café e almoço no trabalho

4. Farmácia: R$ 50,00 para custos com  necessidades básicas.

5. Transportes: Como na empresa pagam minha passagem. Utilizo meu bilhete único para trabalho e faculdade, então o gasto é zero

6. Telefone: Ganhei 50% desconto na conta do celular, então pago somente R$ 17,50 mensal.


7. Cartão: fixei um valor mínimo para gastar todo mês. Não ultrapasso o valor R$ 50,00 assim evita que eu caia no consumismo
 8. Poupança: Eu reservo 10% do meu salário  para guardar para os planos futuros.
Pago todas as despesas sem me enrolar em dividas. Vocês devem se perguntar como faço isso? Não tem mágica nenhuma para multiplicar o dinheiro. Apenas como já citei, eu priorizo o que realmente é necessário e evito fazer dívidas extras que ultrapassem o meu orçamento.  Ainda mais agora com estudos.


Bom meninas essas são apenas algumas dicas de como vocês podem organizar as contas e não cair no desespero. Espero que tenha ajudado, já que muitas noivinhas precisam economizar para  realizar o sonhado " Big Day".
Desculpe a bagunça, estou modificando meu cantinho, estava muito infantil rsrs, mas daqui a pouco ele estará em ordem.
 Nandynha 

8 comentários:

  1. Amei o post...eu sou bem organizada com minhas contas tbm...so preciso de um aplicativo legal pra anotar tudinho,rsrrss,anoto numa cadernetinha,mas quero modernizar rsrsrs
    bjo

    ResponderEliminar
  2. precisooooo tomar vergonha na cara e fazer isso.. meu Deus!

    Me considero uma pessoa muito organizada, mas em relação às contas eu não sou não!

    Adorei o post :D

    Bjsss

    http://kauedavi.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  3. Adoreiiiiiiiiiiiiii
    minhas contas sao um desastre meu Deus, preciso de um controle total hahaha

    Principalmente na palavrinha CARTAO afffffffffff

    Bjs

    http://chegouaminhavezdecasar.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  4. Adorei a nova carinha do blog. rsrs
    Menina como vc é organizada!
    Amei as dicas, vou anotar.
    bjoos

    melhoresposa.blogspot.com

    ResponderEliminar
  5. Adorei, as dicas.
    Aqui em casa as coisas são diferentes do que ocorre na maioria das casas, quem gasta aqui é o marido, ele não tem noção do que é dinheiro não...rssss, eu sou mais conservadora, mas este mês enfiei o pé na jaca, gastei mesmo... agora tenho que me reorganizar se não caio no vermelho.

    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Su, comigo também acontece ao contrário. Quem gasta muito é meu namorado. Ele até cancelou o cartão e só usa o meu, o limite dele vivia estourado. Agora usando o meu, eu controlo o que ele pode gastar, rsrsr
      Depois dizem que só as mulheres ñ tem controle.

      bjs

      Eliminar
  6. Nossa...quem me dera conseguir toda essa organização.
    Um dia eu chego lá!

    Você está de parabéns!

    Beijos

    ResponderEliminar
  7. Quanta organização em ! Parabéns menina,adorei as dicas e concordo,pra se conquistar algo temos que ter organização financeira.
    bjs
    já estou te seguindo pra não perder nem uma virgula rsrs mais
    http://casadolaguna.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita, deixe seu comentário e volte sempre!