quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Fica a dica: #Como se concentrar na hora dos estudos?...♥

Olá meus amigos!!!

Na aula passada, meu professor de contabilidade fez a seguinte pergunta: Vocês sabem como estudar? Minha mente logo respondeu: Não. Por mais que você tente, está difícil fazer sua mente focar nos estudos?

Então vejam as dicas de especialistas para resolver seu problema.

Nosso cérebro é meio fanfarrão: Na de pensar em estratégias para aquele jogo complicado de videogame ou de ler aquela revista que você adora, ele coopera facilmente. Mas quando é preciso sentar e estudar um pouco, parece não haver jeito de alcançar a concentração.

Isso fica ainda mais desesperador quando estamos em ano de vestibular e não temos tempo a perder. Para ajudar você nisso, o Guia do Estudante conversou com especialista e pediu dicas para ajudar seu cérebro a se concentrar. Como cada pessoa tem um jeito de funcionar, nem todas elas serão igualmente eficientes para todo mundo. Então é bom fazer uns testes até descobrir quais dão certo para você.






Não se contente em ler: escreva!
Segundo o professor e autor de livros com dicas para estudos Pierluigi Piazzi, é importante estudar escrevendo, e não só lendo. “Quem só lê perde a concentração. Quem escreve consegue entender o assunto e mantê-lo”, explica ele.

Escreva a mão em vez de digitar
Pesquisas já mostram que os alunos que fazem isso aprendem mais do que quem só digita. “ Você tem movimentos totalmente distintos para escrever cada letra a mão, mas isso não existe quando você está digitando. Isso faz com que mais redes neuras sejam ativadas no processo da escrita” diz o professor.

Como saber o que vale colocar no papel
Faça resumos, fichamentos e esquema s da matéria. Mas nada de ficar copiando todo o conteúdo dos livros. Para saber o que vale escrever, faça de conta que você está preparando uma cola para uma prova. Por ter pouco espaço e pouco tempo para consulta-la, é preciso ser conciso, mas ao mesmo tempo abordar os pontos principais. É disso que você precisa quando for estudar.

Revise a matéria que aprendeu em aula no mesmo dia
Além de evitar acumular matérias, estudar o conteúdo visto em sala no mesmo dia fará com que seu cérebro entenda que aquilo é importante e o memorize.

Estude sozinho
Vamos combinar que, por mais legal que seja se reunir com os amigos para estudar, você acaba falando mais de outras coisas e as dúvidas permanecem. O professor Pierluigi é um grande defensor da ideia de que só se aprende mesmo no estudo solitário. “ Estudar em grupo é útil se você for a pessoa que explica a matéria para os outros. Quem ouve não aproveita”, diz ele. A melhor dica para um bom estudo, aliás, é explicar a matéria para si mesmo.

Use as aulas para entender as matérias e tirar dúvidas
Um erro comum, segundo o professor Pierluigi, é fazer cursinhos para ter maior números de aulas – o que realmente vai fazer a diferença no vestibular é o momento em que você estuda sozinho, não o numero de aulas que pegou. Mas isso não significa que vale cabular ou dormir nas aulas: elas são importantes para entender a matéria e tirar dúvidas.

Desligue todos os aparelhos eletrônicos
Na hora de estudar, nada de deixar o celular por perto avisando de cada notificação no facebook. E nem caia na tentação de abrir o mesmo só por “dois minutinho”. Esses dois minutinhos sempre se entendem e acabam com toda concentração. Reserve um tempinho do seu dia só para as redes sociais e faça isso virar rotina para que se acostume a checá-la apenas nesse tempo específico.

Estude em um local organizado e tranquilo
O resto da sua casa até pode ser uma bagunça, mas o local onde você costuma estudar precisa estar sempre organizado e silencioso. Ter muitas coisas espalhadas pode atrapalhar a sua concentração e há o risco de perder tempo procurando coisas que sumiram na bagunça.

Música? Só em língua que você não entenda
Não é proibido estudar ouvindo música – há quem precise dela para se concentrar. Mas evite ouvir músicas em idiomas que você entenda – isso pode fazer com que você desvie sua atenção para a letra e esqueça a matéria.

Use marca texto
Usar canetas coloridas e marcar textos para enfatizar os pontos principais é uma ajuda para manter o foco no que for importante, especialmente se você tem problemas mais sérios de déficit de atenção. Post-its também podem ser úteis. 




Respeite seu tempo
Se você é mais produtivo de manhã, deixe para estudar as matérias mais difíceis nesse período. Quando sentir que a concentração não está rolando de jeito nenhum, faça uma pequena parada de depois volte. Manter intervalos regulares é fundamental – e a frequência vai depender do seu ritmo.

Tenha um programação organizada, mas seja flexível
Use uma agenda ou quadro branco para organizar suas tarefas e respeite-a! Mas faça programações realistas para que você não se desanime. Definir que você vai estudar durante oito horas por dia se você tem várias outras atividades, por exemplo, não é algo razoável. E esteja aberto para mudanças, caso seja necessário.

Crie um pequeno ritual antes de estudar
Sempre que for mergulhar nos estudos, crie e respeite um ritualzinho antes. Pode ser um alongamento, pegar um copo de suco para deixar na sua mesa, ou que mais achar melhor. Com o tempo, seu cérebro vai entender que é hora dos estudos e ficará mais fácil se concentrar.

Gente, confesso que nunca segui estas dicas, mas achei super interessantes, ainda mais para quem vai prestar concurso público.

E aí gostaram? Espero que possa ter ajudado vocês!!

Bjs
Nandynha

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

A organização e a vida de blogueira... ♥


Sonhos não funcionam , se você não fizer alguma coisa”


Olá meu amigos,


Eu só quis escrever um pouco de uma forma mais íntima, abrir meu coração de verdade, justamente pelo respeito que tenho a todos os leitores do blog.



É assim que eu gosto de chamá-los, porque sei que os leitores do blog acabam sendo meus amigos. A amizade é diferente da que temos com nossos amigos íntimos, é claro, mas a verdade é que escrevo aqui coisas que muitas vezes não converso com meus amigos. Assim como sei que vocês me escrevem contando partes da vida de cada um de vocês que não são ditas por aí a qualquer um. Por essa confiança, muito obrigada.



Tem acontecido de tudo um pouco em 2013 na minha vida. A minha recuperação sobre a TVP, a chegada de um novo amor e o início do meu curso de ciências contábeis. Eu só tenho a agradecer a DEUS por tudo de bom que tem acontecido. Agora preciso me dedicar a essa nova etapa na minha vida, meus estudos, minha carreira que tanto quero conquistar, estou bem focada no que eu quero para o futuro, preciso colocar tudo em ordem. E ser uma pessoa organizada é uma benção para mim. 



Preciso dizer que quase não disponibilizo meu tempo para meu cantinho favorito, "meu blog". Eu acho que eu mesma alimentei uma cobrança maior em relação ao blog do que realmente precisava. Eu me considero uma pessoa perfeccionista. Estou aprendendo a ser menos assim e a desapegar um pouco do blog. Antes que pensem nisso, o blog não vai acabar. Houve um tempo em que tudo o que eu fazia era trabalhar e cuidar do blog como hobbie. Mas hoje eu tenho outros projetos profissionais, então eu preciso delegar algumas tarefas, escrever menos. Não sei se conseguirei estar por aqui todos os dias como antes, pois tenho outras coisas importantes para me dedicar também, dá para ter todas elas se abrir mão um pouquinho aqui e ali. Eu andei me questionando se tudo valia a pena quando encontrei o seguinte raciocínio: " Este e o momento de trabalhar, construir estabilidade financeira e profissional, fazer mil coisas ao mesmo tempo, pois ninguém sabe o dia de amanhã." É assim que penso.



Eu fique com dúvidas sobre a publicação deste post ou não. Agendei e cancelei. Ter um blog é dar a cara a tapa, eu sei. Mas eu sou apenas uma pessoa normal escrevendo do outro lado do computador - uma pessoa como outra. O blog continua sendo e sempre será uma parte muito importante de mim. Enfim, de qualquer forma, eu quis publicá-lo, e agradeço quem sempre está por aqui e contando de forma positiva, pois isso que faz com que o blog continue existindo.


Bjs
Nandynha  

terça-feira, 6 de agosto de 2013

Saldo final de semana...♥


Olá lindinhas. Que bom que vocês gostaram das dicas. Olha, tem me ajudado e muito nessa nova fase.
Hoje meu post é bem simples e partiu de um momento que estou adorando nessa nova etapa da minha vida.
Esse meu final de semana foi bem diferente. O que aconteceu de especial? Nada fora do comum, só não tivemos aquela agitação de sempre. Comecei meu dia escutando a oração do Padre Marcelo (oração para corações aflitos, foi totalmente feita para mim). Resolvi colocar em ordem as coisas na minha cabeça. Desacelerar um pouco, e ter certeza de todas coisas que quero para minha vida.
 Antes dei aquela geral na casa para que o ambiente ficasse agradável e organizado. Em suma foi um final de semana bem tranquilo. E porque isso mudou minhas expectativas? Porque esse final de semana tranquilo foi tudo de bom.
Eu percebi, melhor do que nunca e apesar de já ter conhecimento disso há muito tempo, que é isso que eu quero para minha vida. Eu quero minha casa, minha rotina,  cuidar de casa. Não é que não quisesse isso antes, mas é porque estou vivendo uma nova fase com relação a minha carreira. Eu estou muito focada no que eu quero para meu futuro.
Porém nesse final de semana eu tive uma boa perspectiva do que realmente importa, decidi priorizar o que realmente eu quero. E como eu estou sentindo isso? Como se estivesse de-sa-ce-le-ran-do, eu estava numa agitação, sofrendo por antecipação, agora estou indo para um ponto de paz e tranquilidade, que na verdade eu estava precisando mesmo. Com início da faculdade, fiquei contente e ao mesmo tempo angustiada, já que me comprometi com uma despesa a mais. Estava ficando atormentada. Então resolvi colocar meus planos e sonhos nas mãos de DEUS e deixar que ele haja. Chega de tantas aflições que não fazem parte da minha vida, eu quero é ser feliz!
Deixarei uma frase que carrego comigo
" Entre metas há uma coisa chamada vida, que merece ser vivida e aproveitada. "

Bjs
Nandynha 

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Equilíbrio Financeiro - O que você entende?...♥


Olá meninas e meninos! Chegou nossa sonhada sexta-feira para nossa alegria,!!! \o/ \o/ \o/





Na TV, nos rádios, nos jornais e revistas, sempre vemos e ouvimos falar inúmeras vezes, sobre nosso equilíbrio financeiro. Por que sua vida não está equilibrada financeiramente? Ah, você se sente como estivesse numa corda bamba?


Então vamos começar a entender sobre o assunto:


1- O que é equilíbrio?

Definição: o estado de descanso ou estabilidade devido à ação igual de forças opostas; estabilidade entre forças, poderes ou influências.

Você esta em equilíbrio, a final dificilmente vai sair do lugar. Então vamos utilizar isso para sua vida financeira?



2- Equilíbrio financeiro precário.




O equilíbrio financeiro precário, sempre ocorre quando você tem dinheiro suficiente só para pagar suas contas, e não possui uma reserva. Quando você consegue ficar em cima da corda bamba. E não consegue dominar seu dinheiro, e só recebe para pagar as contas. (Gente, eu sempre deixo uma reserva econômica para um imprevisto qualquer) Você terá que aprender a conduzir suas finanças pessoais de forma equilibrada e com competência para melhorar a sua qualidade de vida.


3- Equilíbrio Financeiro ideal.




Um bom controle financeiro é essencial para qualquer pessoa. Isso ocorre quando você têm dinheiro suficiente para pagar sus contas e também possui reservas econômicas. Você pode até levar um susto, mas você possui um “ colchão de segurança” . Assim você irá estabelecer um patamar de equilíbrio financeiro ideal, visando adequar as características de organização.


4- Como funciona o Colchão de Segurança?


Não existe um conceito definitivo. Mas ele serve para você prevê quando tiver um susto com suas despesas. Ele servirá para amparar sua queda, ou seja até que você possa se reerguer financeiramente.
Vamos por em prática?

O valor desse colchão deve ser equivalente a 6 meses de despesas suas. Eu calculei pelas minhas atuais.

Traduzindo: Eu gastarei R$ 1.200,00 para pagar minhas contas, entre casa e faculdade, então seu colchão deve ser seis vezes esse valor: R$ 7.200,00 reais. Você deve se perguntar: Nossa como vou arrumar todo esse valor? Calma!

Já pensou em guardar o dinheirinho das férias, pis, horas extras, décimo 13º e fazer algumas economias? Esse é o caminho que sigo para ter minhas reservas econômicas.









Esses são alguns passos simples e indicados, que já é possível para ter noção de como você poderá se equilibrar com suas finanças.

E aí meninas, vocês estão financeiramente equilibradas?


Bjs
Nandynha